sexta-feira, 3 de abril de 2009

Subsolo - Ordem de Despejo (2008)

Remanescentes do Coletivo Quinto Andar: Subsolo. O novo projeto dos MC's Shaw, Xará, Gato Congelado, Kamau, Lumbriga, Matéria Prima, Pai Lua (Tapechu) e DJ Mako nas Pick-ups. Mesmo sem a presença de De Leve e Marechal, a trupe ainda manda bala nas rima com aquele mesmo bom senso e criatividade que já é marca registrada do Coletivo.

O Quinto Andar pode até não dar mais as caras, mas pode ter certeza que o Subsolo preenche esse espaço com responsa, brother!

Subsolo - Ordem de Despejo
Parte 01:
http://www.4shared.com/file/96407421/691b2c03/SS_-_ODD_parte01.html
Parte 02:
http://www.4shared.com/file/96415138/987e8636/SS_-_ODD_parte02.html

Lista:
01 - Intro
02 - Cidade de Mentira
03 - Ensaio Sobre a Cegueira
04 - Limpe Seu Coração
05 - Preso a Liberdade
06 - Ninguém Ama os Náufragos
07 - Rio Babilônia
08 - Trilhas
09 - Papo de Futuro
10 - Loop
11 - Destruir
12 - Dias em Branco
13 - Ordem de Despejo
14 - Nem Sei

2 comentários:

Anônimo disse...

http://flameupload.com/files/0SWOKH84/Gnawledge_-_Granada_Doaba.zip

Poucas cidades fascinam como Granada, presumivelmente porque poucas concentram uma influência tão forte de culturas muçulmanas, judaicas e cristãs. A herança do Al-Andalus como uma região culta e cosmopolita, amante da beleza e do respeito pela diversidade, segue viva em projectos como aquele que ocupa a nossa casa neste mes. Um experimento etnomusicólogico do selo Gnawledge, coordenado pelo Canyon Cody junto ao seu companheiro Gnotes, surgido com a intenção de mostrar como a música é o veículo mais adequado para promover a mistura eo intercâmbio entre as culturas.

Apoiado por uma bolsa Fulbright, conseguiram juntar a 16 músicos de Granada (não de orígem, mas de residência) para fazer algumas sesões improvisadas onde cada um expressava livremente a sua identidade e se deixa confundir com os outros artistas, numa viagem atè nenhum lugar com direção para um único destino: a fusão. Uma forte base no ritmo do hip hop e beats electrónicas polvilhadas entre o flamenco ea música árabe que inspira o projeto inteiro. Granada Doaba é um verdadeiro tributo ao cosmopolitismo auténtico e à bela herança heterogénea que a Espanha do século XIII podem ensinar-nos para acreditar num mundo em que a coexistência entre o diferente torna-se o recurso mais valioso de uma civilização.

Rodrigo disse...

valeu pelo UP loa do cd, vou até adicionar as minhas melhores paginas este blog, vou conferindo o resto das postagens, abração !!